Entre em contato

Transformamos dados e pesquisas em conhecimento e estratégia.

Um em cada três brasileiros não tem conta em banco, mostra pesquisa Locomotiva

Cerca de 45 milhões de brasileiros não possuem conta bancária, revela pesquisa do Instituto Locomotiva. Isso significa que uma em cada três pessoas acima dos 16 anos no país é “desbancarizada”.

Esse grupo movimente aproximadamente R$ 817 bilhões na economia anualmente.

Para Renato Meirelles, presidente da Locomotiva, dois motivos principais explicam o fenômeno: a desconfiança em relação aos bancos e a preferência pelo dinheiro vivo.

“A gente percebe que tem um número grande de pessoas que tiveram alguma experiência negativa com instituições bancárias no passado e que agora preferem controlar a vida financeira de outras formas”, explica.

“Além disso, há uma sensação de que usar dinheiro em espécie é mais vantajoso, porque há mais chances de conseguir um desconto no mercadinho do bairro, por exemplo, ou de que dá pra administrar a vida financeira de maneira mais fácil”, completa.

Os dados indicam que a maior parte dos desbancarizados é composta por mulheres (59%), negros (69%), pessoas que pertencem às classes C, D e E (86%) e que vivem no Nordeste do país (39%). Ainda dentre os 45 milhões de desbancarizados, 58% não frequentaram uma escola ou estudaram até o ensino fundamental.

Segundo Meirelles, apesar da desconfiança, os brasileiros sem contas bancárias procuram crédito na praça. “Os desbancarizados não deixam de recorrer a um amigo ou um parente para pedir dinheiro emprestado, por exemplo”, analisou.

A pesquisa Locomotiva foi realizada em maio com 1.500 pessoas de 16 anos ou mais em 71 cidades brasileiras. No total, 29% da população adulta do país diz não movimentar uma conta bancária há mais de seis meses ou não ter relação com nenhum banco por opção.

Para outras pesquisas, apresentações, análises e informações sobre o trabalho do Instituto Locomotiva, acesse nossos canais de comunicação a seguir ou entre em contato pelas redes sociais: Facebook, Instagram, Linkedin, Twitter e Youtube.

Compartilhe esse conteúdo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on pocket

Relacionados

Forbes
Empreendedorismo da favela é como um rio digital

19 de abril de 2022

SBT
Pobreza Menstrual: Meninas deixam as escolas por falta de absorventes

28 de abril de 2022

Canal Futura
O número de idosos conectados à internet cresceu mil por cento nos últimos oito anos

27 de abril de 2022
Abrir chat
1
Precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar?