Entre em contato

Transformamos dados e pesquisas em conhecimento e estratégia.

39% dos patrões dispensaram diaristas sem pagamento durante pandemia

Desde o início da pandemia de coronavírus, 39% dos empregadores de domésticas diaristas abriram mão do serviço destas profissionais, sem entretanto manter o pagamento das diárias, indica uma pesquisa que será divulgada nesta semana. Tal percentual é ainda maior entre os entrevistados pertencentes às classes A e B – camadas da sociedade em que a renda por pessoa da família é superior ao teto de R$ 1.526 mensais que limita a classe C.

Nesse grupo (A e B), o percentual de empregadores que dispensaram as diaristas sem pagamento é de 45%.

A pesquisa indica ainda que 23% dos empregadores e empregadoras de diaristas e 39% dos patrões de diaristas e 48% dos de mensalistas declararam que suas funcionárias estão mais protegidas contra o novo coronavírus.

A pesquisa foi realizada pelo Instituto Locomotiva entre os dias 14 e 15 de abril.

Segundo o estudo, 39% dos patrões de diaristas e 48% dos de mensalistas declararam que suas funcionárias estão mais protegidas contra o novo coronavírus: estão em casa, mas recebendo o pagamento normalmente para cumprir o distanciamento social requerido contra a doença.

Leia a matéria completa, ,clicando aqui.

Compartilhe esse conteúdo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on pocket

Relacionados

Forbes
Empreendedorismo da favela é como um rio digital

19 de abril de 2022

SBT
Pobreza Menstrual: Meninas deixam as escolas por falta de absorventes

28 de abril de 2022

Canal Futura
O número de idosos conectados à internet cresceu mil por cento nos últimos oito anos

27 de abril de 2022
Abrir chat
1
Precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar?