Entre em contato

Transformamos dados e pesquisas em conhecimento e estratégia.

Eleição será a mais difícil desde a redemocratização, avaliam pesquisadores

Com crise econômica, política e de representatividade, dinheiro e tempo de campanha mais curtos, candidato terá de driblar desconfiança generalizada e se reinventar para convencer o eleitor de que é a melhor opção para sua cidade, dizem diretores de institutos de pesquisa

Crise política, econômica e de representatividade. Proibição de doações empresariais, teto de gastos, tempo reduzido à metade para a campanha, redução no número de candidatos aptos a debates televisivos e novo formato de horário eleitoral no rádio e na TV. O clima de tensão e de desconfiança generalizada e as mudanças na legislação tornam a disputa eleitoral deste ano a mais difícil e a mais imprevisível entre as realizadas desde a redemocratização, em 1985, segundo alguns dos principais pesquisadores de opinião do Brasil. O assunto foi discutido em seminário promovido pelo Instituto Patrícia Galvão, acompanhado pela Revista Congresso em Foco em São Paulo.

Leia a matéria completa em:

http://goo.gl/rfJvKo

Compartilhe esse conteúdo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on pocket

Relacionados

Forbes
Empreendedorismo da favela é como um rio digital

19 de abril de 2022

SBT
Pobreza Menstrual: Meninas deixam as escolas por falta de absorventes

28 de abril de 2022

Canal Futura
O número de idosos conectados à internet cresceu mil por cento nos últimos oito anos

27 de abril de 2022
Abrir chat
1
Precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar?